Oxford Martin School
Acreditamos que as matrizes QXS nos irão proporcionar as vantagens de desempenho das unidades de estado sólido, mantendo os custos baixos. Já temos o software de migração [Q-Tier] em funcionamento.  

 

Andrew Foulsham
Gerente de TI, Oxford Martin School

A Oxford Martin School Atualiza a Infraestrutura de Armazenamento Com Matrizes QXS da Quantum

A Universidade de Oxford não é somente a universidade mais antiga dos países anglófonos, ela é também uma das mais influentes. Até o momento, mais de 50 laureados do prêmio Nobel e 50 líderes mundiais estiveram diretamente associados a ela. Fundada em 2005, a Oxford Martin School é a aquisição mais recente das faculdades regidas de modo independente de Oxford. A Oxford Martin School proporciona um ambiente único para financiar projetos que combinam disciplinas para lidarem com os problemas mais significativos que o futuro do planeta enfrenta. Atualmente, cerca de 250 pesquisadores estão envolvidos em mais de 20 programas ativos, desde inovações em ciência alimentar e cuidados de saúde a métodos para a geoengenharia, e formas de promover os direitos humanos.

TI Flexíveis Necessárias para Pesquisa Inovadora

Uma equipe de pesquisa colaborativa necessita de uma abordagem dinâmica e flexível às TI. "Acima de tudo, precisamos nos manter flexíveis e adaptáveis às necessidades em mudança, por vezes muito rápida, das equipes de pesquisa", explica Andrew Foulsham, gerente de TI na Oxford Martin School, "e precisamos garantir que os dados das equipes continuam seguros e sempre disponíveis." Inicialmente, a escola usava matrizes diretamente conectadas, mas achava o gerenciamento muito demorado, e a disponibilidade dos dados era um problema.

Mudança para Armazenamento Compartilhado, Virtualização e Matrizes QXS da Quantum

A equipe decidiu mudar para um armazenamento consolidado e um ambiente de servidor virtualizado. "Nós sabíamos que o armazenamento centralizado por meio de uma SAN poderia aumentar as velocidades de acesso para as equipes de investigação, iria facilitar a escalabilidade sempre que fosse necessária mais capacidade, e que também seria muito mais fácil gerenciarmos um pool de armazenamento disponível", explica Foulsham. "A virtualização tornaria mais fácil e rápida a criação de novos aplicativos e compartilhamentos à medida que nossas equipes de pesquisadores lançassem novos projetos, modificassem projetos em curso, ou os movessem para localizações diferentes. Outro aspecto igualmente importante para uma instituição dedicada a tornar o futuro melhor seria o consumo significativamente inferior de energia e recursos de arrefecimento."

Para ajudar a encontrar a melhor abordagem, a equipe escolheu um integrador de armazenamento com experiência, a Park Place Technologies. A equipe escolheu o VMware para a virtualização e as matrizes de armazenamento híbrido QXS-4 Series da Quantum para armazenamento compartilhado. As matrizes QXS oferecem uma opção de RAID facilmente escalável, suportando uma gama completa de desempenho e capacidade a preços competitivos.

Desempenho Mais Rápido, Custos Mais Baixos

A nova instalação virtualizou cerca de uma dúzia de servidores e os conectou a 24 TB de RAID QXS. Além de facilitar a configuração dos compartilhamentos e de melhorar a disponibilidade de dados, o sistema é muito mais rápido. "No primeiro dia que um de nossos desenvolvedores Web usou o sistema, ele reparou que tinha aquilo a que chamou de "desempenho extraordinariamente mais rápido", e também assistimos a ganhos substanciais em outros aplicativos", acrescenta Foulsham. "O novo sistema também proporciona economias substanciais à escola. Estimamos que iremos economizar dezenas de milhares de libras à Oxford Martin nos próximos anos."

Confiabilidade Exemplar e Caminho para SSDs no Futuro

O novo sistema também melhorou significativamente a confiabilidade. "Nos nove meses que se seguiram ao lançamento do sistema, não tivemos um momento de inatividade, e o serviço da Park Place Technologies tem sido exemplar", afirma Foulsham. "No início, tivemos uma falha do controlador nas matrizes, mas nunca perdemos nada. O sistema foi construído com redundância, por isso, continuou trabalhando durante o evento, e na manhã seguinte o módulo de substituição foi instalado sem nenhuma interrupção de serviço."

As matrizes de armazenamento híbrido QXS também permitiram à equipe de TI a opção de adicionar facilmente SSDs à sua combinação de armazenamento. A equipe da Oxford Martin pretendia desempenho rápido, mas usar SSDs para todo o armazenamento era demasiado dispendioso. As matrizes híbridas da Quantum oferecem a alternativa de adicionar uma camada de SSDs ao disco em funcionamento e de usar o Q-Tier™ da Quantum para mover a maioria dos arquivos ativos para a camada flash. "Acreditamos que as matrizes QXS nos irão proporcionar as vantagens de desempenho das unidades de estado sólido, mantendo os custos baixos. Já temos o software de migração [Q-Tier] em funcionamento."

Benefícios Chave

  • O suporte para adição de uma camada SSD com colocação automatizada em camadas, em tempo real, fornece capacidade de armazenamento híbrido que oferece desempenho rápido por uma fração do custo.
  • A solução de armazenamento centralizado facilita a escalabilidade, reduz o tempo administrativo necessário de gerenciamento e reduz os custos globais.
  • O ambiente SAN de desempenho elevado aumenta o desempenho e diminui as linhas do tempo do projeto.
  • O sistema melhora a disponibilidade de armazenamento e recursos do servidor. Além disso, aumenta a confiabilidade global.
  • O design redundante e a organização de suporte confiável garantem que os pesquisadores têm acesso contínuo aos recursos.

Sobre A Oxford Martin School

A comunidade de mais de 200 pesquisadores da Oxford Martin School, da Universidade de Oxford e não só, está trabalhando para lidar com os desafios e oportunidades globais mais prementes do século XXI. Cada projeto da escola reúne acadêmicos de várias áreas, de modo a criar a colaboração necessária para estudar e enfrentar problemas globais complexos, nomeadamente, as mudanças climáticas, doenças e a desigualdade. Cada um desses projetos foi concebido para ter um impacto muito além da academia. A Oxford Martin School suporta projetos inovadores, de risco elevado e multidisciplinares que podem não se adaptar aos canais de financiamento convencionais, porque acredita que quebrando as fronteiras pode produzir resultados que poderiam melhorar significativamente o bem-estar das gerações atuais e futuras.

Sobre a Park Place Technologies

Desde 1991, a Park Place Technologies tem fornecido uma alternativa ao armazenamento com ampliação da garantia, servidor, e manutenção de hardware em rede para centros de dados de TI. Suportando mais de 10.000 organizações em mais de 100 países, a Park Place Technologies disponibiliza uma experiência excecional para o cliente, um fornecimento de serviços superior e uma vantagem operacional para as empresas, desde instituições governamentais, de ensino superior e de cuidados de saúde a fornecedores de serviços na nuvem, pequenas e médias empresas e empresas da Fortune 500.