CERN
Os dados são o bem mais preciso do CERN. O StorNext da Quantum é determinante para coletar esses dados de forma rápida e confiável, permitindo assim à comunidade científica compreender e explorar novas ideias e descobertas.
Pierre Vande Vyvre
Líder de Projeto, CERN

Acelerar descobertas científicas com o StorNext

O StorNext Ajuda o CERN a Acelerar a Investigação de Partículas

Quando se trata de explorar as origens do universo, o gerenciamento de enormes volumes de dados pode ser uma tarefa galáctica. Após muita investigação e grande número de testes, o CERN, o laboratório líder em física de partículas, escolheu o StorNext para gerenciamento de dados. O resultado: Um sistema que permite que dados volumosos sejam acessados e compartilhados em um ambiente de computação de alto desempenho. 

Bilhões de Bits de Dados a Cada Segundo

No CERN, a organização europeia de investigação nuclear com sede na Suíça, uma das experiência em curso é conhecida como ALICE (A Large Ion Collider Experiment – Experiência do Grande Colisionador de Iões). Dedicado à investigação em física da matéria por meio da aceleração de partículas e sua colisão, o projeto ALICE envolve uma colaboração internacional de mais de 1000 físicos, engenheiros e técnicos de 30 países. Em conjunto, eles contribuem para resolver um dos desafios mais antigos da física fundamental: relatar o aparecimento da matéria.

Usando detectores, o ALICE coleta grandes quantidades de dados, que são gerados pelas colisões de partículas. Pierre Vande Vyvre, Líder do Projeto de Aquisição de Dados do ALICE, foi encarregue da tarefa de conceber um sistema de gerenciamento da informação com aquisição, seleção, transferência, armazenamento e tratamento de dados a toda a prova, para gerenciar os bilhões de bits de dados gerados a cada segundo.

Para complicar ainda mais os requisitos, a experiência ALICE tem lugar a três quilômetros de distância do principal centro informático do CERN, onde os dados residem em sistemas de armazenamento em massa. Outro desafio no processo de aquisição de dados era o fato de o sistema de arquivos Linux existente não ser suficiente para compartilhar dados de forma rápida e simples entre os nós.

Benefício: Aquisição de Dados Rápida e Eficiente

A equipe do CERN investigou diferentes opções disponíveis para um sistema de arquivos clusterizado (CFS). Os principais requisitos para o CFS eram: desempenho máximo de largura de banda agregada; uma pegada mínima para o equipamento de hardware (a sala da aquisição de dados do ALICE era bastante pequena); escalabilidade para gerenciar o volume de clientes (até 100 nós de usuário); e – o mais importante de tudo – independência entre o CFS e o hardware existente.

Após várias semanas de testes exaustivos, a equipe selecionou o StorNext. Durante a fase inicial de implementação, a equipe começou com um servidor, um cliente e uma matriz de discos. O sistema consiste agora em 180 portas 4 G Fibre Channel e 75 matrizes de armazenamento de dados transitórias. Existem agora 105 nós acessando dados por meio de Fibre Channel. A arquitetura de armazenamento do ALICE tem também 90 clientes LAN distribuídos do StorNext acessando os dados via IP.

Um dos benefícios chave do StorNext é sua funcionalidade Affinity. A funcionalidade permite à equipe direcionar dados para discos primários específicos, escrevendo no ponto de relação associado às afinidades. Isso significa que todas as máquinas podem operar sempre com desempenho máximo.

"O StorNext está fornecendo as operações de fluxo de trabalho de alta velocidade e o arquivamento multicamadas em larga escala de que o ALICE necessita", afirmou Vande Vyvre.

Produtos Usados

Benefícios Chave

  • Proporciona acesso contínuo e simultâneo aos dados, ao mesmo tempo que reduz os custos de armazenamento
  • É dimensionado para alcançar velocidades de 4,5 GB/s para escrita
    e 2,5 GB/s para leitura
  • Suporta clientes LAN para expansão econômica do compartilhamento de dados
  • Mantém a escolha do usuário
    e elimina a dependência de um único fornecedor
  • Permite que a infraestrutura opere no seu desempenho máximo utilizando Affinity para direcionar dados para discos primários específicos

Sobre o CERN

O CERN é a Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear, o maior centro mundial de física de partículas. Localizado perto de Genebra, o CERN é um laboratório onde cientistas se juntam para estudar os elementos constitutivos da matéria e as forças que os mantêm unidos. O CERN existe em primeiro lugar para fornecer aceleradores, que fazem com que as partículas se movimentem quase à velocidade da luz, e para contribuir para o design e a construção dos
detectores para tornar as partículas visíveis. Fundado em 1954, foi um dos primeiros empreendimentos conjuntos da Europa e inclui 21 estados-membros.